Logo Creative Society SOCIEDADE
CRIATIVA

Ideologia Criativa e as Geraçôes Jovens

27 de março de 2022
Comentários

O agravamento da crise geral do formato de consumo, e o agravamento da situação climática do planeta fizeram a humanidade pensar na questão: como continuar vivendo e como sair do impasse que a humanidade chegou? Que destino aguarda as nossas novas gerações? A maioria das pessoas socialmente ativas do mundo chega à conclusão de que, para que todos tenhamos um futuro, são necessárias mudanças na sociedade. É preciso passar do formato consumidor para um novo formato – para uma Sociedade Criativa, onde todos cuidarâo de todos, onde haverá relações entre pessoas dignas do título de Humano, e não só no papel, mas na prática. Então a humanidade tem a chance de sobreviver e se tornar uma civilização unida.

Cada sociedade tem a sua própria ideologia. O formato de consumo que domina a sociedade humana há 6.000 anos é o formato das relações “ da besta ” entre as pessoas, um formato dominado pela violência, egoísmo, ganância, engano e mentira. Foi ele quem deu origem ao infortúnio, às guerras, à escravidão e à divisão da sociedade em ricos e pobres na história da humanidade.

O formato Criativo é um formato de coesão, solidariedade, uma única família humana. Criativamente, uma sociedade é uma sociedade onde a vida humana é valorizada, onde cada pessoa recebe todas as necessidades básicas necessárias por direito de nascença, onde reinam a liberdade e a igualdade. Esta é uma sociedade de criação, não de destruição. É uma sociedade de unidade, não de divisão. Esta é uma sociedade de uma única civilização universal, e não de comunidades humanas díspares.

Um papel importante na criação da Sociedade Criativa é desempenhado pela ideologia, que deve ter como objetivo popularizar as melhores qualidades espirituais e morais de uma pessoa. E essa deve ser a base da propaganda na comunicação social: na televisão, na imprensa, na internet, nas redes sociais, nas plataformas públicas e assim por diante. Esta deve se tornar a necessidade da sociedade – viver como um ser humano, em amor, respeito, paz e amizade. É o Humano com H maiúsculo que deve assumir uma posição ativa na Sociedade Criativa.

Na nova ideologia criativa, uma pessoa deve estar abundante de qualidades espirituais e morais: humanidade, respeito pelas pessoas, consciência, veracidade, prontidão para realizar ações altruístas, sempre vir em socorro, a capacidade de ser amigo e apreciar a amizade com todas as pessoas, independentemente de raças e nacionalidades.

A tarefa principal é criar um Ser Humano com H maiúsculo. Tais pessoas devem ser nutridas criando as condições para a sua formação e desenvolvimento. Precisamos começar com jardins de infância, escolas e outras instituições educacionais, onde os mentores desenvolverão a natureza espiritual das crianças: força de espírito, bondade; e ensiná-los a distinguir o bem do mal, a verdade do engano. É importante que os jovens compreendam quais são os fundamentos espirituais e morais, como conhecer a si mesmos, como disciplinar as suas mentes, como aprender a viver em comunicação altruísta e encontrar alegria em cuidar dos outros.

Sem dúvida, é preciso começar, antes de tudo, consigo mesmo, para se tornar um exemplo de mudança positiva. Temos que analisar o nosso comportamento na família, no trabalho e na sociedade. Gostaríamos de ser tratados da mesma forma que tratamos os outros? Devemos ponderar se damos um bom exemplo para nossos filhos ou não. Afinal, vivemos e agimos na presença das crianças, e as crianças absorvem todas as nossas qualidades positivas e negativas como uma esponja. A tarefa de cada pessoa em evolução é mudar a si mesma para melhor. Essas pessoas são capazes de se tornar uma versão melhor de si mesmas. Pelo seu exemplo, eles são capazes de inflamar o coração de muitas pessoas, e muitas pessoas no planeta são capazes de mudar a humanidade.

Como se costuma dizer, não há filhos de outras pessoas no mundo, todos no mundo são seus! As crianças são o nosso futuro comum. Mas que futuro nos espera se não fizermos nada agora e continuarmos a viver num formato tão podre de sociedade? É uma pena que ainda existam muitas crianças sem família no mundo, e a falta de moradia infantil é um dos terríveis problemas sociais da sociedade moderna. Afinal, a infância sem amor dos pais paralisa as almas das crianças. A principal razão para o surgimento e crescimento dos sem-teto é o formato consumista da sociedade, sua agressividade, crueldade, grosseria, engano. São as condições do formato consumista da sociedade que dão origem à deterioração da vida, às relações egoístas entre as pessoas, à crise das famílias, à destruição dos valores morais. E essa degradação geral das pessoas reflete-se principalmente nas crianças. Dependência de drogas e álcool, envolvimento de menores na prostituição – tudo isso é observado mesmo nos países mais desenvolvidos do mundo.

No formato consumista da sociedade, criou-se tensão entre as diferentes gerações, uma vez que tal formato se baseia em uma percepção egoísta do mundo. Mesmo nas famílias, na relação entre pais e filhos, há problemas de compreensão mútua. Muitas vezes, em países desenvolvidos, o currículo do sistema educacional é supersaturado, o que afeta a saúde e o comportamento das crianças. Não há trabalho educativo com crianças. Cada vez mais, a imprensa informa sobre travessuras ousadas, comportamentos agressivos e cruéis da geração mais jovem, contrários às regras elementares da moralidade humana. Os casos de abuso parental de crianças tornaram-se mais frequentes. Basta pensar que, no mundo, 80% das crianças pequenas sofrem abuso mental e físico diário de seus pais. É essa agressão animal aceitável numa sociedade civilizada normal? Em tudo isso, vê-se uma violação dos fundamentos espirituais e morais das relações humanas.

No formato consumista da sociedade, mesmo pais bastante adequados se esforçam muito para proteger seus filhos da propaganda de violência, agressão, anti-humanidade, veiculada na comunicação social de diversas formas. Um grande papel na questão da preservação de uma geração saudável é atribuído aos psicólogos, professores, pois seu dever é ajudar crianças e pais “perdidos”, para libertá-los do sofrimento mental. Mas é realmente possível fazer isso sozinho ou em grupos separados, quando um fluxo negativo de informações de um formato de consumo podre em sua crueldade vem de todos os lugares? Não. Só podemos mudar o formato juntos, e num esforço conjunto.

A principal tarefa da Sociedade Criativa é a criação de uma única civilização humana baseada no amor, amizade e respeito mútuo. Nesta nova sociedade, pais e filhos mudarão seu relacionamento. Os pais terão muito tempo livre para o desenvolvimento da personalidade de seu filho, criando uma geração saudável e forte. E as crianças terão a oportunidade de crescer como uma pessoa verdadeiramente livre, de desenvolver plenamente seu potencial espiritual e moral, de se tornarem aquelas que trazem mudanças positivas para a sociedade e o mundo ao seu redor.

Para que esse futuro chegue mais rápido, você precisa agir ativamente agora, enquanto há essa chance e oportunidade. Nesta fase, é muito importante informar a todos sobre as reais perspectivas e possibilidades da Sociedade Criativa. Sem isso, não haverá trabalho conjunto, assistência mútua e um futuro digno da humanidade.

Pessoas de todo o mundo já estão se unindo. Preste atenção à participação ativa de pessoas de diferentes nacionalidades na conferência “Crise Global. Hora da Verdade”, quais questões atuais foram levantadas e como todos estão procurando uma solução juntos. A conferência foi traduzida para mais de 100 idiomas do mundo. Esta é a experiência mais singular de associação. A humanidade nunca interagiu assim antes. É hora da Verdade! Tudo isso sugere que juntos formamos unidade, força e um egrégor comum na busca de nosso futuro brilhante. Quanto mais pessoas socialmente ativas no mundo, mais forte será a ressonância voltada para a construção de um novo formato – a Sociedade Criativa. O futuro depende de cada um de nós!

Nadezhda Orlova

Faça um comentário